Empresários espanhóis discutem investimentos em Salvador

Oportunidades oferecidas pela cidade estão nas áreas de energia renovável, infraestrutura, turismo e tecnologia

Com a meta de transformar Salvador em uma grande plataforma para negócios envolvendo capital espanhol no Nordeste do Brasil, a Câmara Oficial Espanhola de Comércio no Brasil reuniu 140 pessoas entre empresários e representantes de empresas espanhóis e baianos em um almoço realizado no restaurante Adamastor, no Hotel Fera Palace, no centro da capital baiana. O prefeito de Salvador, ACM Neto, foi o convidado especial do evento e falou sobre as oportunidades de investimentos na cidade. Coincidentemente, o prefeito embarca hoje para Portugal e Espanha em uma visita oficial para ampliar a presença de empresas destes países em Salvador. Para cumprir o objetivo, ele vai apresenta os projetos incluídos no Programa Salvador 360º. 

Segundo ACM Neto, entre as oportunidades oferecidas por Salvador estão aportes na área de microcrédito - “a Prefeitura vai lançar em breve um programa de microcrédito voltado como uma linha de apoio para a economia informal”, anunciou na entrevista -; energias renováveis, principalmente eólica -”Salvador pode e quer entrar nesse setor” -, smartcities - “uma tecnologia espanhola é aplicada nos semáforos inteligentes e na gestão do trânsito da cidade” -; e no turismo.

Presidente tanto do banco Santander como da Câmara Espanhola, Sérgio Rial destacou que, em Salvador, a indústria de serviços continua crescendo e por isso sempre atrai as atenções dos investidores. “Outro projeto importante em Salvador é o VLT, uma obra de grande volume na área de mobilidade. E, ainda na área de infraestrutura, tem também a ponte Salvador – Itaparica. É preciso ver se ela vai sair mesmo, a questão ambiental, mas é uma oportunidade para se ter atenção”. 

Saindo do território da capital, o presidente do Santander elencou como áreas de possíveis investimentos espanhóis na Bahia os segmentos ligados ao agronegócio e à cadeia de produção de energia eólica. “A Bahia é um estado de grandes dimensões e com uma vocação para a agropecuária. O agronegócio aqui não é mono, não é de uma cultura só, tem soja, frutas, algodão. É polivalente”, justificou. E é justamente devido a esta características que ele anunciou que o Santander vai ampliar o número de agências do banco no interior do estado. A ideia é aumentar tanto a carteira de clientes no interior na agronegócio, quanto nas cidades da região costeira da Bahia. “Ilhéus é uma cidade importante e nós ainda não estamos lá”, falou. E o instrumento para isso é justamente o seu programa de microcrédito. “o Santander tem o maior programa privado de microcrédito do Brasil. Dentro dele temos o programa Prospera, que emprega pessoas da própria comunidade e concede empréstimos para mulheres empreendedoras destes locais. Queremos expandir esse programa”.

Comunidade

Segundo informações da Câmara Espanhola, atualmente residem na Bahia 10 mil cidadãos espanhóis, muitos deles empresários. Trata-se da maior comunidade do país no Brasil. Em todo o Brasil, os investimentos consolidados feitos por empresas espanholas soam US$ 64 bilhões e a Bahia é o terceiro estado brasileiro que mais recebeu estes recursos. Entre as empresas ibéricas presentes na Bahia estão a Coelba (distribuidora de energia), a Gamesa (de produção de equipamentos para geração de energia eólica) e a Air Europa, companhia aérea que tem escritório central para suas operações no Brasil na capital baiana. 

Diretor da companhia, Enrique Martín-Ambrosio afirmou em entrevista dada no evento que  a Air Europa está há 14 anos no Brasil e segue acreditando no potencial do país e de Salvador. Tanto assim que a partir da próxima semana vai aumentar a frequência semanal de voos entre Salvador e Madri. “Vamos saltar de dois voos semanais para três”, anunciou. “É um voo que veio para ficar, não será temporário para a alta estação”, garantiu. 

Ainda segundo ele, a companhia tem o projeto de um quarto voo semanal, que depende do comportamento do mercado – número de passageiros – para poder ser implantado. A Air Europa também vai inaugurar um voo semanal entre Recife e Madri e manter os diários que saem de São Paulo para a capital espanhola. 

Martín-Ambrosio disse que nos próximos dias, a Air Europa vai plotar um de seus aviões com a marca de Salvador, como forma de divulgar o destino para os turistas europeus. Disse também que a companhia está em negociação com a Prefeitura para renovar sua cota de patrocínio do carnaval de Salvador. O diretor da Air Europa e o presidente do Santander fazem parte da comitiva que vai acompanhar ACM Neto em Lisboa e Madri.

Fonte: 
Correio
Categorías: