Reforma Trabalhista: O que mudou após 1 ano

Data: 
28 nov 2018
Local: 
Câmara Espanhola

A reforma trabalhista completou um ano em vigor, no último dia 11 de novembro. Em meio a diversas mudanças referentes a relações de trabalhos, as empresas ainda fazem ressalvas sobre um movimento cauteloso que promove uma segurança jurídica.

A Câmara Espanhola recebeu na manhã do dia 28 de novembro, alguns especialistas e representantes de empresas e escritórios, como Renato Machado Moreira, Relações Trabalhistas e Sindicais da Magazine Luiz; Maria Lucia Besson, diretora de Recursos Humanos e Jurídico da Roca; Eliana Cachuf, diretora de Pessoas e Organização da Arteris; Ana Lucia Trigolo, Advogada Trabalhista na Everis; Boriska Ferreira Rocha, sócia no SV Law; Paula Corina Santone Carajelescov, sócia no Rayes e Fagundes; Maria Lucia Benhame, sócia no Benhame e Gabriella N. Valdambrini, Gaia Silva Gaede Advogados. Eles falaram sobre os principais desafios na aplicação das mudanças e as suas vantagens.

A advogada trabalhista da Everis, Ana Trigolo, disse durante a sua apresentação, que as mudanças foram conservadoras na empresa, partindo do princípio “fazer movimentos com segurança”.  Já Maria Lucia Besson sinalizou que a Roca enxerga as novas alterações como uma “bengala”, para dar suporte à empresa juntamente com as leis já existentes.

Dentre os temas debatidos estão principalmente, o plano de contrato de trabalho intermitente - com destaque ao projeto implantado na Magazine Luiza -, relação com os Sindicatos, negocial e assistencial dos acordos coletivos, reajuste salarial, redução de processos trabalhistas, banco de horas e acordos individuais. O evento foi promovido pelo Comitê de Gestão de Pessoas e Comitê Jurídico e de Finanças da Câmara Espanhola.

Clique aqui e confira as fotos!